quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

Os Cristãos devem celebrar o Natal?


A Bíblia não tem nenhum mandamento para, a) celebrar o Natal; b) NÃO celebrar o Natal. Assim, fazê-lo ou não fica inteiramente a critério de cada crente ou congregação. Não é errado celebrar, não é errado não celebrar.

Daí, o crente decide se vale a pena ou não celebrar essa festa, que embora tendo origens pagãs, em termos de data original, também pode ser válida para acentuar um evento histórico que nem deve ter ocorrido em dezembro, pois nessa época é inverno na Palestina e os pastores não estariam no campo aberto com suas ovelhas.

Este seria o mesmo espírito de Romanos 14:5, 6 onde Paulo instrui os que ainda tinham certo apego a festas tradicionais de Israel, que se quisessem poderiam celebrá-las, ainda que outros achassem isso errado. Então, para quem achasse que era errado, não as celebrassem mais, porém sem condenar os que ainda as achavam importantes.


Eu creio que o celebrar o Natal não é uma questão de certo ou errado, visto que Romanos 14:5-6 nos fornece a liberdade para decidir se observaremos ou não dias especiais:



Um faz diferença entre dia e dia, mas outro julga iguais todos os dias. Cada um esteja inteiramente convicto em sua própria mente. Aquele que faz caso do dia, para o Senhor o faz. E quem come, para o Senhor come, porque dá graças a Deus; e quem não come, para o Senhor não come, e dá graças a Deus (Romanos 14: 5-6).



De acordo com esses versos, um cristão pode, legitimamente, separar qualquer dia — incluindo o Natal — como um dia para o Senhor. Cremos que o Natal proporciona aos crentes uma grande oportunidade para exaltar Jesus Cristo.



O Natal também pode ser um tempo para adoração reverente. Os pastores glorificaram e louvaram a Deus pelo nascimento de Jesus, o Messias. Eles se regozijaram quando os anjos proclamaram que em Belém havia nascido um Salvador, Cristo o Senhor (Lucas 2:11). O bebê deitado na manjedoura naquele dia é nosso Senhor, o “Senhor dos senhores e Rei dos reis” (Mateus 1:21; Apocalipse 17:14).



Finalmente, as pessoas tendem a serem mais abertas ao evangelho durante as festividades de Natal. Devemos aproveitar desta abertura para testemunhar a eles da graça salvadora de Deus, através de Jesus Cristo. O Natal é principalmente sobre o Messias prometido, que veio para salvar Seu povo dos seus pecados (Mateus 1:21). A festividade nos fornece uma maravilhosa oportunidade para compartilhar esta verdade.



Embora nossa sociedade tenha deturpado a mensagem do Natal através do consumismo, dos mitos e das tradições vazias, não devemos deixar que estas coisas nos atrapalhem de apreciar o real significado do Natal. Aproveitemo-nos desta oportunidade para lembrar dEle, adorá-Lo e fielmente testemunhar dEle.



"Vinde, pois, e arrazoemos, diz o Senhor" – (Isaias 1:18.)

4 comentários:

v.carlos disse...

Aew Brother...

vc passou lá no meu blog sobre os pastores Chineses que foram presos

realmente além de ser proibido a venda de Bíblias para menores de 18 anos, o batismo também é proibido..


flw brother
abração

Mensageiro disse...

Menssagensespeciais.zip.net deseja a vc um feliz natal e muinto sucesso no seu blog e caso queira nos ajudar colocando nosso banner sera boa sua ajuda

Wagner Romanha disse...

Olá Renato!

Mano, concordo inteiramente com o que você postou sobre o Natal.

Essa liberdade da fé é o diferencial que demonstra a maturidade na caminhada.

Grande Natal para ti e muitas felicidades!!!

Geovane Braz disse...

Paz e Graça


Fico grato pelo seu carinho por minha pessoa, e divulgar o meu blog na sua pagina na internet.

atenciosamente
Dc Geovane Braz
"Jesus em primeiro Lugar".

http://diaconogeovane.blogspot.com

Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido. Efésios 5:33