sábado, 22 de novembro de 2008

O incomparável amor de Deus


"Porque serei misericordioso para com suas iniquidades, e de seus pecados não me lembrarei mais." (Hebreus 8:12)


Vivemos em uma sociedade que tem a forte tendência em rotular as pessoas de acordo com seus erros e pecados, é comum vermos uma pessoa que tem problemas com bebidas alcoólicas sendo chamada de bêbado, e até mesmo sendo, por vezes, escarnecidas por causa disso, e da mesma forma em outras situações outros rótulos como : viciado, ladrão, e tantos outros são usados de acordo com os delitos cometidos.
Na verdade essas pessoas que fazem tais coisas realmente precisam de uma mudança de vida e é exatamente esse o papel da igreja: levar até elas o poder que pode transforma-las, mas por muitas vezes o que fazemos é usarmos os tais rótulos.
Dessa maneira é como se estivéssemos sentenciando essas pessoas a carregarem um peso, uma, cruz eternamente por causa de seus erros, enquanto Jesus já pagou um preço muitíssimo alto por nossos pecados, é certo que Deus não se agrada do pecado, mas ama profundamente os pecadores, os ama tanto que não se conforma em ver sua criação presa a tais atos. Vemos que desde o Éden Deus têm feito pactos e alianças, dando sempre uma nova chance para que as pessoas se arrependam e nós, o que temos feito? Estamos anulando a cruz quando insistimos em colocar rótulos nas pessoas, a Palavra de Deus diz:

"Bem aventurado os misericordiosos porque alcançarão misericórdia".

Precisamos colocar em prática a Palavra e não só a usarmos em nosso favor, precisamos aprender a amar as pessoas como Deus as ama e tornar prático o evangelho que pregamos.


QUE O AMOR DE DEUS ENCHA O CORAÇÃO DE TODOS.


SEJAM ABENÇOADOS NO SENHOR.


Graça e Paz!!!

2 comentários:

Vítor Carvalho Ferolla disse...

O PAVA está fazendo uma Newsletter só para blogueiros e dessa vez é sério.

Para entrar na lista basta me enviar um e-mail com seu Nome, E-mail e Endereço de Blog e Data de Aniversário para:

amigodopava@gmail.com

Obrigado!

Agnaldo Gomes disse...

Com certeza temos que tomar cuidado quando fazemos uso desses rótulos em relação as pessoas que não conhecem a Cristo.
Devemos sim é profetizar sobre a situação ruim por qual esteja passando essas vidas, para que Deus venha agir e transformá-las pelo Seu poder.
Um abraço,
Agnaldo Gomes - Desperta Igreja!

Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido. Efésios 5:33