sábado, 5 de janeiro de 2008

Crises...


"Por isso não desfalecemos; mas ainda que o nosso homem exterior se esteja consumindo, o interior, contudo, se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós cada vez mais abundantemente um eterno peso de glória". (II Co 4:16, 17)
Essa é uma das passagens bíblicas que mais amo. A Bíblia não é uma propaganda enganosa de uma vida perfeita e sem problemas para os que decidem seguir o evangelho, mas, por outro lado, não nos desampara em momentos difíceis, ela nos mostra que podemos enfrentar os problemas e nos tornarmos pessoas melhores através deles. Uma coisa é certa, não importa quem seja você, seu nível cultural, sua classe social, a cor da sua pele, etc., as crises virão, e isso não é nenhum sinal de fraqueza, mas, a maneira como você reage a elas, fará toda a diferença. Gostaria de deixar o texto abaixo pra vocês refletirem, ele fala das duas maneiras que podemos reagir em uma crise. "Na crise, ou eu cresço ou eu apodreço - não há meio termo. Eu posso utilizar minhas crises como grandes alavancas para o meu crescimento pessoal ou como justificativa e reforço para a minha mesmice, estagnação e resistência à mudança (que são sempre, em última análise, as verdadeiras causadoras de todas as minhas crises...). Eu cresço com a crise quando digo adeus às estradas repletas de pegadas de pessoas, indo de lá para cá, sem chegar a lugar nenhum e resolvo trilhar o meu próprio caminho (mesmo que, também ele, não me leve a lugar nenhum...). Eu apodreço com a crise quando me acomodo a ela, encontrando um jeito de ir sobrevivendo com ela sem ter que fazer nada, sem tomar providência nenhuma, mantendo tudo do jeito que está, usando e abusando de justificativas do tipo é a vontade de Deus..., a gente tem que aceitar..., eu já passei da idade..., etc, etc. Essa, na verdade, é apenas uma maneira de adiar a crise, tornando-a, com o tempo, ainda mais insuportável. Crise só caba pra valer quando eu rompo em definitivo com os padrões de comportamento que estão envenenando o meu dia-a-dia, que estão transformando a minha existência num inferno, por mais céu que minha vida pareça aos olhos dos outros"

7 comentários:

Amigo Careta disse...

é... as crises são até normais no nosso dia-a-dia.

Como você colocou, a diferença está no modo com o que reagimos a elas.
Nem sempre a vida é facil ou é como queriamos, o o que nos resta é vivê-la intensamente, não importando se estamos passando por uma crise ou não.

Deus abençõe.
Obrigado pelo link.
Abraço.

Diogo disse...

Crises e Crises...
...Como disse o amigo Careta..
acabam sendo normais..

Estamos sujeitos a tudo;
mas nossa força vem do Senhor...
...e quem disse que seria fácil?! =D

Deus Abençoe Renato.
Muito bom seu Blog também!
Ganhou um Leitor!
Fica na paz!
vou te add nos meus favoritos!

Abração!

!!!Abraço de Deus:::Influenciando!!! disse...

Olá, mano...
Excelente post. Tem um ditado gospel que diz que "não tenho crises, tenho Cristo. Quem tem Cristo não tem crises". Mas não foi exatamente isso que Cristo disse quando nos afirma que "nos mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo." Ignorar as crises é impossível, já que não somos supercrentes. Mas, com o Mestre, podemos sim passar por elas dignamente, sem precisar rendermos-nos a qualquer graça barata! Abraço
Obrigado pela visita.
Neemias Rodrigues

bless disse...

Muito bom.Valeu por esta postagem,me sinto quebrando conceitos sempre quando sigo a Jesus,pois mesmo em meio à crises as pessoas tem medo de agir diferente do esperado, e acabam apodrecendo seu interior.Só Jesus nos livra de sermos um "sepulcro caiado!"

Wagner Romanha disse...

Fala mano!
Cara, selecionei um afirmação tua que tem sido o meu padrão de vida até aqui: "resolvo trilhar o meu próprio caminho".

O melhor remédio para as crises é: "Ir para o tudo ou nada"!!!!!

Abraços!!!

Rejane Ruiz disse...

As crises sao como o vale que passamos...eu penso que os momentos mais dificeis na vida crista, sao os conflitos interiores, dai temos realmente que decidir crescer...e declarar ao Senhor assim como Pedro fez, Pra onde mais iremos Senhor, só tu tens Palavras de vida!!!
Amei teu blog Renato, vou estar passando aki mais vezes e vou te add no meu...
Um abraco, Deus abencoe teu ano =)

v.carlos disse...

Crises, o orgulho sempre me impede de expor e tb de pedir ajuda...

na verdade mts vezes é o orgulho que me gera a própria crise =/

é triste, porém a graça me redime e me ensina a ser sincero, transparente e simples.

abração irmão
excelente blog
fica na GRAÇA!

Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido. Efésios 5:33